domingo, 12 de julho de 2009

Eu, eu mesma e as letras

Hoje fui pega de surpresa: fazer minha primeira postagem no nosso blog.
Bem, o fato é que estamos estreando e eu nem tive tempo de preparar um texto legal, mas vou tentar colocar algo de bom no papel, ou melhor, em tempos modernos, diz-se na web......
Quando estamos assim, meio ocas,( sim, prefiro usar os termos no feminino), em um dia que não nos sentimos capazes de escrever nem um bilhete, nada melhor,( e mais narcisista), do que falar de nós mesmos... E eu, como uma boa leonina que está se sentindo absolutamente desabitada nesse domingo cinzento, vou me aproveitar da situação e falar de mim mesma.


Melhor do que largar o curso de direito no último ano, é troca-lo por algo que além de te dar prazer, depois de 3 anos, ele também te dá um diploma....Bem, eu ainda não tenho o diploma, vou ter, mas tenho algo tão bom quanto: hoje, no mundo das letras eu me sinto incluída, acolhida e muito feliz. Tenho colegas de curso talentosos, que veêm legitimidade em meus textos, e ser reconhecida por quem a gente admira,não tem preço...
Começar uma nova jornada e sentir que ela nos pertence e nós pertencemos a ela, é serotonina para mais de mil prozacs... Depois de 4 anos trancafiada em um curso preto e branco, regido por leis e normas, nada melhor do que escrever sobre as minhas neuroses com fonte roxa e não sobre processo tributário em arial 11 preta.... Acreditem, é libertador!
Talvez alguém tenha dito um dia que a arte liberta, se não disseram, digo eu: a arte liberta!!
A literatura me libertou quando aprendi a ler e me abriu mais um portão, quando deixei de ler o que eu não gostava, para ler o que eu amava, e me habilitar por isso.
Eu deveria discorrer sobre algo engraçado, pois humor satírico é o que eu tenho de melhor, mas não o poderia fazer sem antes falar um pouco com seriedade sobre o meu curso, sobre os meus talentosos colegas, que um dia espero vê-los imortalizados na academia, e como narciso acha feio tudo aquilo que não é espelho, falar também um pouco sobre mim...Mas prometo que futuramente me controlarei...rsrsrsr...
Espero que todos aprovem e aproveitem o nosso "filho", nosso blog de pais separados.



8 comentários:

Camilíssima disse...

Bem vinda, Juliana! Que as cores continuem a tingir os dias que virão. Um brinde a você, a nós todos e as letras.

Lohan Lage Pignone disse...

Juliana, a última a integrar esta talentosa equipe! Pronto, agora sinto que está completo... Eram quantos Power Rangers mesmo?? rs
Brincadeiras a parte, quero dizer, Juliana, que fico feliz pela sua presença aqui, ter aceitado nosso convite, vindo alegrar este blog com seus extases, suas pirações na batata (como diz nossa amiga Andrea, rs), seu ótimo senso de humor, enfim... Nasceu. O nosso filho, um filho agraciado por seis pais corujas! Pais separados pela distancia, mas não pela amizade. Avante, vamos nutrir este filho! Bjs Juliana!

Andréa Amaral disse...

Oiê,estou te conhecendo aqui, as já temos algumas coisas em comum:leoninas, girassóis,Escrita, lntensidade, literatura, egotrip em Marte,Letras e o Lohan como amigo.
Bem vinda. Seu texto hiperbólico também tem a minha cara.Coisas de leoninas que sempre se acham e SÃO.

Lohan Lage Pignone disse...

Opa, então já somos três leoninos neste blog! Só tem fera, rsrs.

João Luiz disse...

Muito bem vinda!
Dá pra sentir a alegria em seu texto,a felicidade de estar fazendo o que gosta é contagiante,faz quem lê se sentir feliz.Vamos pra frente!
Seja feliz!

Anônimo disse...

Comentários Liberadossss pra geral...By Nully Campos =)

Lohan disse...

Galera, Nully Campos é uma grande amiga que me ajudou a solucionar um erro que estava ocorrendo na configuração do sistema. Ela se queixou de que o letreiro de segurança não estava aparecendo no momento da postagem. Então, ela foi me orientando, e tudo está resolvido, rs. Ela é técnica em info. e deixou sua ''merchan'' aí, rsrs. Bjs a todos, bola pra frente!

Alberto Paulo disse...

Juliana ,
Foi otimo ver que vc encontrou o seu caminho profissional, nada melhor na vida do que fazer aquilo que vc se sente satisfeita , que te dá prazer por mais árdua que seja a sua tarefa. Bola prá frente.
Bjs,Alberto Paulo