sábado, 10 de outubro de 2009

LIBERDADE


Hoje acordei com uma imensa vontade,
De gritar, jogar tudo pro alto
E dizer que feliz eu sou,
Com tudo que conquistei por mim mesma
E nada melhor que a liberdade de saber
Que de você nada precisei pra isso,
Hoje acordei com uma imensa vontade,
De pros amigos ligar, as saudades matar
E o coração aliviar!
Hoje acordei com uma imensa vontade,
De ajudar o velhinho a atravessar,
A criança a levantar, do tombo dolorido,
A palavra de carinho, pro coração
Do amigo confortar.
Hoje acordei com uma imensa vontade,
De correr, pular, xingar e dançar
A alma da prisão, quero libertar.
Bater a mão no peito e dizer:
Eu sou livreeeeee!!!
Eu sou feliiiiiizzz!!!
Hoje acordei com uma imensa vontade,
De te agarrar, te ligar,
E gritar pra todo mundo,
Que minha vida é sorrir,
Meu peito não se contém de tanto orgulho,
Porque sou o que sou,
Louca, apaixonada,
Desvairada e tentando ser poeta!!

4 comentários:

Andréa Amaral disse...

Cada sábado que passa você se liberta mais de um invólucro de insegurança e meninice para dar asas à mulher que habita o seu ser. A luz está presente na maioria dos textos desta semana. Achei muito adequado o título do seu poema.
A liberdade é a força maior de nossa expressão como SER e viver. Um beijo menina-moça-mulher.Parabéns.

K@rininh@ disse...

Obrigada Andrea! Bjs

Lohan disse...

Concordo com Andrea. A cada semana vc vem se superando, se adequando a um estilo que combina mto mais cntigo. A redoma que te encerrava foi quebrada. Eis a nova Karina Aparecida. Finalmente, Apareceu!
Bjs!

Sidarta disse...

Faço minhas as palavras da Andréa e do Lohan.

Viva a liberdade!

Viva as novas asas!

Viva aos novos vôos!

Viva, Karina, viva!