segunda-feira, 12 de abril de 2010

Descer a escada

Me reescrevo aqui hoje.
Não consigo escrever outra coisa.
Por isso colei também a imagem...
Nada precisa ser triste, nem feio. Ahhh! Que bom!
Bem que eu avisei. Não tenho dons de poeta!
Vocês é que são o máximo!
Um beijo no coração.
Claudia
(crédito na imagem)

3 comentários:

Andréa Amaral disse...

Uma imagem pode falar por mil palavras. Não precisa se retratar. Muitos de nós se encontram ausentes, como eu mesma, por exemplo. São fases, estações...mas o coração permanece. Amo este blog.

Lohan disse...

Sim, Cláudia, don't worry!
Este blog é feito por diversas gotas de emoção, e nelas se incluem imagens, sons, poemas, contos, artigos acadêmicos... Até mesmo uma página em branco pode dizer muita coisa.
Sua presença já é especial no blog!
Bjs do autor que também ama este blog!

Camila Furtado disse...

Cláudia, li a postagem referente à imagem, lá no seu blog. Amei!!! Me identifiquei muitíssimo! Quantas vezes eu deveria ter descido a escada e não o fiz... E quantas vezes desejei nem ter subido... Dias de sol lá fora, vida acontecendo, anos se passando e ainda asim, nos prendemos ao pragamatismo da repetição. Muito profundo, muito. Beijos...