segunda-feira, 5 de julho de 2010

Aos meus queridos AUTORES







Fui engessada, amordaçada, congelada.
Passei os últimos meses imersa em mim mesma e sem nenhuma vontade de explorar o assunto.
Minha razão de escrever foi desconfigurada.
Castraram minha inspiração, envenenaram a minha literatura e quase fui convencida de que esse mundo não fazia parte de mim.
Apagaram a luz do meu quarto de idéias,lá depositaram pedras e me disseram que eu jamais conseguiria removê-las.
Fui anestesiada e desmotivada por quem deveria me inspirar e não me fazer calar, mas hoje, lendo e relendo os mais lindos textos escritos nesse blog pelos meus queridos, meus amigos, percebi que eles são a minha verdadeira inspiração!
São eles os meus professores, são eles OS AUTORES, que me fazem andar para frente, me fazem olhar adiante e fazem com que eu creia, todos os dias, que continuo no caminho certo, pois estamos juntos!
São nesses professores que eu devo depositar a minha confiança, gastar a minha palavra e oferecer meus versos para por eles e SOMENTE por eles ser julgado.
O meu amigo não é secreto, é escancarado, pois só hoje voltei a me sentir novamente uma autora e por isso eu agradeço a TODOS OS AUTORES S/A!
Os seus textos, os seus versos, as suas crônicas, as suas listas e seus tantos capítulos, me trouxeram de volta.
OBRIGADA AMIGOS, OBRIGADA AUTORES.

8 comentários:

Camillo Landoni disse...

Juliana!

Ainda que alheio aos seus conflitos,não posso deixar de me sentir muito orgulhoso por você, por todos nós que fazemos parte desse blog tão especial. E que as pedras rolem!!!!

E por favor, não se sinta mais uma autora, porque vc É uma Autora!

Grande abraço
Camillo

Andréa Amaral disse...

Catársico. ..pense que sempre após uma tempestade vem a bonança. E aí aos poucos a terra seca, o vento espalha sementes que brotam em terrenos ásperos, onde menos esperávamos. Daqui a um tempo terás um peuqeno jardi, uma horta, ervas boas, ervas daninhas e o ciclo recomeça novamente. Células que morrem e que se renovam.
Que bom você está ressurgindo das cinzas. Never give up!

juliana disse...

Obrigada, Camilo!
Beijos

Sidarta disse...

Faço minhas as palavras da Andrea!

Todos nós sofremos dessas idas e vindas.

Ainda bem que a sua durou pouco, minha cara Fênix.

Lohan Lage Pignone disse...

O texto de aniversário do blog Autores S/A não poderia ter sido outro. Juliana renasce das cinzas, na hora certa.

Maravilhoso. Bjs, my friend.

Camila Furtado disse...

Maravilhoso mesmo! E nunca, nunca mais se deixe calar, queremos ouvir tudo, até suas angústias. Bjs!

Simone Prado disse...

Juliana!!!!!!!
Que vontade eu tive de gritar, mas gritar muito quando eu li esse texto. Você não tem noção! A impressão que eu tive foi de expurgar, vomitar mesmo todo esse asco, essa bola de arame farpado que foi a muito depositado sobre nós. Amei, amei e amei ler isso!!! Vc disse tudo e foi maravilhosa!!!!!!!!!! Obrigada, moça bonita!!!!!!
Um beijão
Saudades
Si.

juliana disse...

Si, querida, só quem passou o q a gente passou nos últimos meses com 'vc sabe quem', entenderia o q eu escrevi e prq, né?
Obrigada!
Beijos