sábado, 28 de agosto de 2010

Papel higiênico


Papel higiênico
Papel higiênico
Papel higiênico

Papel higiene cu
Papel higiene cu
Papel higiene cu

Papel higiênico
Papel higiênico
Papel higiênico

5 comentários:

Lohan Lage Pignone disse...

Haha, isso que eu chamo de subervsão da linguagem, rs.

Só vc mesmo, caro Edson...rs;

Thaty Louise disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thaty Louise disse...

Mega criativo!!!!!!!!!!!!!!

Simone Prado disse...

Jóia as combinações e inteligência criativa no trato com as palavras e seus ritmos. O impacto é inevitável. Perfeito.

Edson Basilio disse...

Engraçado como uma brincadeira com o som das sílabas pode acabar dando certo...
Esse poema foi escrito no banheiro, olhando para uma embalagem de papel higiênico enquanto eu pensava no som da silaba "co", que soa "cu", daí pensei: "é um papel para a higiêne do cu; pronto.