quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Aerosmith - Walk This Way!

--

"Gostaria de ser metade tão bom
pela metade do tempo que eles têm sido.”
- Jon Bon Jovi

Bon Jovi e Aerosmith (ao vivo)
--

AUMENTA QUE ISSO É ROCK N' ROLL!!!!!!!!!!!!! 

Um grande logo, desenhado pelo ex-guitarrista do Aerosmith Ray Tabano. Uma música que incorpora a linguagem básica do rock, com o feeling e o drive dos rockers legítimos, mas sem cair na armadilha de se acomodar nas tradições. Um frontman extraordinário, considerado por muitos o maior de todos. Clipes com direção grandiosa e montagens espetaculares (Janie’s Got a Gun está entre os meus preferidos). Uma linha de molhos picantes naturais e em 4 sabores (Rock N’ Roni) lançada por Joe Perry. 



E álbuns clássicos. 


ROCKS (1976)

Obrigatórios na discoteca básica de qualquer amante do Rock N’ Roll, ou seja, uma história com fatos que podem se repetir na biografia de qualquer outra banda, mas sendo Aerosmith, tudo toma um vulto tão especial que os acontecimentos acabam sendo únicos.






A célebre expressão “Sexo, drogas e Rock N’ Roll” não é capaz nem mesmo de resumir a trajetória dessa que é uma das maiores bandas de Rock de todos os tempos.







As últimas notícias sobre o lançamento do 15° álbum  dão conta de um adiamento das gravações. O incidente no qual Steven Tyler caiu do palco depois de um empurrão acidental de Joe Perry, na noite do dia 17 de agosto em Toronto, no Canadá, jogou mais lenha na boataria sobre a crise nas relações entre Perry (guitarrista) e Tyler (vocalista). Como se já não bastassem as toneladas de boatos sobre o fim da banda, aposentadoria de Perry, saída de Tyler, listas de possíveis novos vocalistas e projetos solos dos integrantes, Steven aceitou ser um dos jurados do American Idols, o que teria causado certo mal-estar na banda sobre sua permanência. Há mais de um ano e meio, o site Rock on Line publicava uma notícia sobre o início das gravações do álbum, ainda sem data de lançamento.


“Continuem acreditando, pessoal, haverá um álbum”. 
Tom Hamilton, baixista.




Steven Tyler - vocal









Joe Perry - guitarra solo









Tom Hamilton - baixo











Brad Whitford - guitarra









Joey Kramer - bateria













“Aerosmith é tudo o que o Rock and Roll é; e sempre foi, desde o seu início até os dias de hoje, a banda de Rock ideal.” - Jimmy Page (Led Zeppelin)
--

Aerosmith é a banda de Rock norte-americana mais bem- sucedida da história. Já vendeu mais de 150 milhões de cópias no mundo inteiro. Formada no final dos anos 60, atravessou a década seguinte colecionado êxitos fantásticos, tanto comercial quanto de crítica. Nos anos 70 álbuns como Toys in The Attic (75) e Rocks (76) alçaram a banda ao topo do cenário musical e estabeleceram de imediato seu nome na história da música. Mesmo antes, em 1973, o primeiro álbum (Aerosmith) já trazia grandes canções como Maket it, Dream On e Mama Kin.



A banda continuou nos anos subsequentes a lançar bom material, porém em 1979, durante as gravações do novo álbum, Joe Perry se desliga da banda após uma discussão com Tyler, brigas que, aliás, eram constantes. Night in the Ruts é lançado, mas sem expressão nas vendas.


Só em 1985, Joe Perry volta ao Aerosmith e lança Done With Mirrors, a respeito do qual Perry julga ser o pior álbum da banda: acredito que seu julgamento tenha sido influenciado pelo fato do trabalho ter sido um fracasso comercial, pois as canções são ótimas (assistam ao vídeo abaixo), embora como um todo Done With Mirrors não seja um dos melhores álbuns do Aerosmith.


Música que abre o disco Done With Mirrors, de 1985




Steven Tyler


Já não diria o mesmo sobre o álbum seguinte: Permanent Vacation é uma das melhores produções da banda e responsável por trazê-la de volta às luzes do sucesso. Um mega-sucesso. A faixa título é um primor de gravação e de composição, com um riff genial e um ritmo irresistível. Angel é a belíssima balada que a banda nacional Yahoo ‘coverizou’. Nas rádios por aqui infelizmente só tocava essa versão, e nada da original, infinitamente melhor. Eu só fui saber que era uma canção do Aerosmith quando a MTV entrou no ar colocando na programação o vídeo da música. Ainda do mesmo álbum, Dude Looks Like a Lady, que foi incluída na trilha sonora do filme Mrs. Doubtfire (Uma babá quase perfeita).





Em 1989, a banda lançou o álbum Pump, um dos melhores de Rock que já ouvi. Pump é o auge da retomada, do reencontro com o sucesso, mas dessa vez o reconhecimento é ainda maior. Com Janie’s Got a Gun, a banda vence o primeiro Grammy num total de três. E o sucesso não parou. Em 1993 Get a Grip estabeleceria a banda como uma potência comercial.






Em 1997, o bom álbum Nine Lives é lançado. Em seguida a canção I Don't Want to Miss a Thing rende ao Aerosmith uma indicação ao Oscar de canção original pelo filme Armageddon.



A música pode não ter levado a estatueta, mas em compensação ganhou no Reino Unido um curioso favoritismo, foi eleita a melhor canção para casamento, numa pesquisa feita pela Magic TV.
--
---

Em 2004, lançam Honkin' on Bobo,
um belo álbum de blues.



Steven Tyler foi lembrado por Sharon Osbourne, que selecionou outras estrelas da música (Rod Stewart, Elton John, Andrea Bocelli, Ozzy e sua filha Kelly, etc.) para regravarem a canção "Tears In Heaven", com o intuito de levantar fundos para as vítimas das 'tsunamis' ocorridas no Oceano Índico. Linda versão, lindo vídeo, e grande a iniciativa da Sra. Osbourne; é de arrepiar!

"Contatamos Eric (Clapton) e seus advogados e todos disseram sim na hora”, revelou a sra. Osbourne. “Não poderíamos pensar em uma música mais apropriada”, reiterou.




KISS & AEROSMITH

"(...) o Aerosmith trouxe de volta o sorriso no meu rosto – trouxe de volta o
orgulho pra mim – esses caras nos lembram que ainda HÁ grandeza aí fora…
ainda há uma banda de verdade, e cheia de paixão, e inovação, e coragem, e
toneladas de refinamento também. (...) E pra mim, assistindo, eu vejo todos os
elementos que são raros e maravilhosos, e me orgulho que meu filhos possam
ver isso, e eu não tenha que explicar a eles como é o ROCK DE VERDADE E AO
VIVO Amei cada segundo. A melhor coisa sobre eles é que não se tornaram
'show-biz', não perderam suas raízes. Eles ainda estão andando por essa linha
tênue entre estrutura e improvisação, limpo e distorcido, amor pelo que a
música deles faz, e amor pela própria música, comercial e arte, fogo e água,
terra e ar, luz e sombra. Nunca haverá um grupo de rock mais versátil que o
Aerosmith (na minha humilde opinião)".


Bryan May

(guitarrista do Queen)
-





XIX.
Camillo Landoni

9 comentários:

Lelê Tyler disse...

Melhor post que já li sobre Aerosmith, foda esse texto!
Beijos, Lele.

Camilíssima Furtado disse...

Nossa... o que dizer de um texto desses? Perfeito é até pouco... Superou todas as minhas expectativas!!!! Me rendi de vez ao Aerosmith quando meu irmão comprou o cd Big ones e eu não queria mais parar de ouvir. Marcou demais minha adolescência. E os videoclipes? Ótimos!!!! Adoro!!!! Me lembro de rever incessantemente o clipe 'hole in my soul' e até hj gosto demais!!!
Beijocas e valeu a pena esperar!!!!

Andréa Amaral disse...

Nem tenho adjetivos para este texto...
Só posso dizer que secretly, ansiava por uma postagem sobre esta incrível e genuína banda de rock'n roll. "Dream on" sempre estará na minha lista de favoritas. me arrepia as veias até hoje. Minha paixão pelo rock foi impulsionada naquele momento mágico. Sem citar todas as outras que voc~e tão bem detalhou como por ex. "Janie's got a gun".
Sou suspeita... suspiro pelo bocão do Tyler. Jesus, me abana!!!

Marina Seara disse...

concordo com a Andrea aí de cima. Também não tenho adjetivos pra esse texto. Perfeito é pouco, foda, muito foda!
Aumenta q é rock &roll!

Marina Ceara disse...

Porra, título perfeito também!
Camillo, vem ouvir uns cds aqui em casa...
Vc tem preconceito com quarentonas? ´/e que, pela foto vc parece bem novinho, né?
BJs

Andréa Amaral disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!!!Adorei essa, Marina! Pelo jeito, Camillo gosta de um museu. Basta checar os gêneros musicais e as décadas sobre as quais ele escreve.
Camillo derretendo corações. Se rolar a pauleira, depois escreva sobre os sons e as batidas deste show.

Marina Ceara disse...

Tenho 40 anos, na verdade, vou fazer 40, mas não me considero museu. Modestia a parte sou bonita pra kct e nao tenho problemas pra arrumar namorados, mas e difíccil encontrar um cara interessante e con conteudo!

Marina Ceara disse...

Novamente, texto maravilhoso!

Lohan Lage Pignone disse...

Se rolar pauleira...rsrs.