quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Christmas Song



Olá amigos leitores, 

Enquanto preparo meu primeiro post especial de  fim de ano, está uma noite quase silenciosa, quase acolhedora, noite amena de dezembro,  quente para dizer a verdade, e até 2011  é muito provável que a temperatura  se eleve ainda mais;  que ferva então  os miolos das renas,  queime grandes pinheiros e o gorro do Noel, não me importo, porque não há incêndio que devaste minha crença no Amor e nas grandes realizações para todos nós. Sobreviverei a mais um solstício de verão. 

Apesar do  estranho tom de minha mensagem, não se assustem,  leitores autorizados, pois aqui em mim serão abertas as cortinas para o tradicional derramamento de corações. O clima está mais do que favorável para renovar as esperanças em dias melhores, ou ainda melhores.
  
 King Diamond
  
Popularmente conhecido por seus falsetes de amplitude incomparável, seus álbuns que narram histórias escabrosas de puro terror e bizarrice, e por sempre ter à disposição do seu talento as melhores bandas e os músicos mais modernos, King  Diamond executa em "Christmas" uma parte do enredo, um trecho do álbum The Puppet Master, cujas músicas narram uma história de amor tocante, mas terrivelmente gótica.     
 -




                     
 
Dio está de volta no Autores, dessa vez numa versão assombrosa, digna de entrar no "hall" das melhores versões já produzidas. "God..." é uma canção tradicionalíssima de natal, que interpretada por Ronnie James Dio no vocal e Tony "supremo" Iommy (Black Sabbath) na guitarra, no melhor estilo Sabbath se tornou tão pessoal que não é fácil reconhecer a música se a compararmos com as versões tradicionais, mas neste caso por todas as qualidades possíveis: uma base de guitarra inacreditável do mestre Tony Iommy e o poder de Ronnie James Dio, sempre surpreendente quando  sua voz e  os riffs precisos, vigorosos e empolgantes da guitarra de Iommy se tornam uma coisa só.      
      


















Até quinta!
 
XXVII.

2 comentários:

Thaty Louise disse...

Nossa, que mensagem de Natal diferente...

JAMAIS poderia imaginar o King Diamond cantando músicas natalinas, wells, se bem que acho o King quase fofo de tão hard...
Notei uma certa melancolia no início da sua mensagem, mas gostei do "(...)não me importo, porque não há incêndio que devaste minha crença no Amor e nas grandes realizações para todos nós. Sobreviverei a mais um solstício de verão."
É isso aí, desde já a very hard metal Xmas pra vc!!!!!!!!!

Christiane Lima disse...

Que postagem diferente. Qbom saber que haverão outras.
Sempre entro nesse blog, mas nunca comento. Acho as postagens de vocês muito bem-feitas, bemescritas!
Abraços