segunda-feira, 29 de abril de 2013

Cartas rápidas.












“Momento PARDante”





por mares

nunca

por Dante

navegados

segue O Velho

bilhete

na garrafa

papel em branco

vazio de letras

que tudo

que queria dizer

pareceu

irrelevante

frente à possibilidade

de leres

nas entrelinhas

daquilo que não

foi escrito

a PAR do que

o teu pensamento

poderá criar...





PAR - PT 05 FEVEREIRO 2013

13:45




&*&*&*&*&*&












“PAR de dois”





Par de dois

sempre pode ser um,

o mistério se decifra

nas entranhas do oceano

que de tão pequeno

não separa

velhos corações.




o VELHO

se renova

quando sova letras indiferentes

no passado presente

de um PAR de rimas...




o VELHO PAR

se afina..."





Dante Pincelli O Velho-BR 05 FEVEREIRO 2013

13:49

2 comentários:

Paulo Ramos disse...

Adoro ler-me em ti, Dante, Ler-te em mim, adoro ler-nos e lermo-nos... adoro-nos e fazer coisas poéticas contigo!!!

Dante O velho disse...

Retiro tudo o que o Paulo disse só pra eu poder diz^-lo novamente.