sábado, 6 de agosto de 2011

Eliminação do Top 5 e Anúncio do Tema e/ou Estilo do Top 4

ANÚNCIO DA ELIMINAÇÃO

Chegamos na reta final do I Concurso de Poesia Autores S/A e, hoje, em mais uma noite de eliminação, anunciamos, oficialmente, a eliminação do poeta Cervan. A partir deste Top 5, foi anunciado que o poeta que obtivesse mais votos, ao contrário das rodadas anteriores, permaneceria na competição. Cervan obteve um bom número de votos (105 votos), mas não foi o suficiente para vencer Ivanúcia Lopes, que obteve, no total, 126 votos do público. Parabéns, Ivanúcia Lopes! Vale lembrar que Ivanúcia Lopes, com esta vitória, se torna a única competidora a ter vencido 2 Campos Platônicos no concurso.

Vamos relembrar um pouco a trajetória do poeta paulista?

Cervan, poeta de 25 anos, desejava alcançar visibilidade neste concurso e, assim, facilitar o caminho para a publicação de seu primeiro livro de poesias. De Piracaia, São Paulo, Cervan encantou a todos os brasileiros que tiveram acesso ao concurso. Seus poemas maduros, de teor concretista, com metáforas cuidadosamente construídas, foram apresentados ao público nessas sete rodadas as quais ele teve a oportunidade de concorrer. Cervan foi classificado na pré-seleção com um belo jogo de xadrez poético, "tabuleiro".
 
reis e rainhas administram
tudo do alto de suas torres
bispos engordam suas contas
(Tabuleiro - Cervan)

Em seguida, surpreendeu com um ousado poema, a la Leminski, no Top 17 (O Velho e o Tempo): "alas". Segue com suas leminskices, e no Top 15 (Haicais) anuncia o bem-te-vi em "anunciação". Seu estilo próprio foi, pouco a pouco, sendo assimilado e cada vez mais apreciado pelos jurados e leitores, em geral. No Top 13 (Crítica Social), Cervan nos apresentou um dos melhores poemas da competição, bastante aclamado pelo público em geral: ''trava vida". Já no Top 11 (O Sertão), o poeta nos traz uma ''poça'' de emoções, alcançando sua melhor colocação no concurso, o 2º lugar, ficando apenas 0,5 atrás do poeta J. J. Wright.
 
o silêncio da enxada
ecoa na imensidão
(poça - Cervan)

No Top 9 (Poema baseado em imagem), Cervan esmurra a ponta da faca da competição, trazendo o seu ''turrão''. No Top 7 (Poema em homenagem ao autor favorito), Cervan optou por homenagear Chacal, com um poema de descontraída leitura, ''e-mail pro magistral''. O jovem poeta, marcado pelos títulos iniciados por letras minúsculas, despede-se da competição com o soneto ''transparente'', no Top 5 (Soneto). Sua transparência foi inegável, durante a competição. Sua palavra direta, clara, arrebatou mentes e corações neste concurso. Terminemos com o seguinte trecho, que parece definir bem o relacionamento do poeta, grande construtor, com suas criaturas-poesias.
 
construção paulatinamente cresce
esculpindo o que quero com esmero
e ao final, tudo à volta resplandece
(transparente - Cervan)
Obrigado, Cervan! Você é uma grande promessa da poesia brasileira. Boa sorte em sua caminhada poética.

ANÚNCIO DO TEMA E/OU ESTILO DO TOP 4


Aos 4 poetas que prosseguem: agora será anunciado o 8º tema e/ou estilo da oitava rodada, o TOP 04

PARA O TOP 4, OS POETAS FINALISTAS DEVERÃO ESCREVER UM POEMA DE ESTILO LIVRE E TEMA: PAI - UMA HOMENAGEM (DEVIDO A PROXIMIDADE COM O DIA DOS PAIS).

Lembrando que: os poemas deverão ser enviados até as 23:59min. desta quinta-feira (11/08/2011). Fiquem ligados!

Prêmio ao vencedor do ranking no Top 4!
Mais um mega prêmio aos caros poetas finalistas! Quem vai levar dessa vez? Aquele que vencer o Top 4, segundo o ranking dos jurados, ganhará o livro "Máximas da Modernidade Tardia - Um Convite à Reflexão", da escritora e também jurada oficial do I Concurso de Poesia Autores S/A, Ludmila Maurer, autografado pela autora! Muito bacana, não? Abaixo, uma pequena sinopse do livro:

Sinopse: Ludmila retrata vozes desveladas para através delas colocar verdades em suspenso e mostrar que atrás do espectro de glória contemporâneo encontramo-nos sob a ameaça do da fome. E convida o leitor a uma reflexão sobre a condição humana a que estamos confinados.


Obrigado a todos os poetas, leitores, enfim... A todos que, a cada dia, fazem deste concurso o melhor concurso virtual de poesia do Brasil. Abraços e boa sorte a todos!
Autores S/A.

5 comentários:

Cervan disse...

Pô, só tenho a agradecer à galera que organizou o concurso pelo espaço, tô bem feliz com tudo o que aconteceu.

Beijo pra quem fica. Sorte na luta.

Cervan

Anônimo disse...

Sem nenhuma ofensa aos gays nem aos pais, isso é uma boiolagem comercial.

Igor Telles disse...

Os gays e os pais não se sentiriam ofendidos com nenhuma manifestação de arte que tem sido feita aqui. Boiolagem é a pessoa comentar anonimamente, criticando o trabalho sério dos poetas envolvidos e da organização séria do concurso. Comercial é o tipo de livrinho que gente como você costuma comprar, seu idiota! Aposto que é um leitorzinho de Crepúsculo que vem aqui dar pitaco na poesia brasileira. Isso é uma bichona, que nem pai deve ter, ou nem deve saber quem é. Arrombado!

ASS: Igor Telles - RJ
(leitor do blog desde sua fundação).

Lohan Lage Pignone disse...

Olá,
Não somos a favor de ofensas nos espaços destinados aos comentários. Aceitamos, sim, todas as críticas, mas pedimos aos críticos que, pelo menos, as formulem com coerência e formalidade. Nunca tivemos como base um pensamento mercadológico na realização deste concurso. Muito pelo contrário: eu, como idealizador, sempre pensei na valorização do poeta e sobretudo da poesia, gênero que sempre esteve em voga no Autores S/A. Todo o trabalho que realizamos aqui, neste concurso, é voluntário. Nossa dedicação é em prol da poesia, e do blog também, que cresce, mas cresce dignamente, sem nenhum envolvimento financeiro.
Agradeço ao comentarista acima, o Igor, pelas palavras. Só peço que não se enveredem para as ofensas.

Obrigado,
Lohan.

Lohan Lage Pignone disse...

Quanto ao Cervan, nós é que agradecemos pela sua trajetória aqui. Foi excepcional. E será, com certeza, pelas poesias dessa vida.

Boa sorte!
Lohan.