domingo, 10 de abril de 2011

Apaixonada



Guardo comigo lembranças,
telas de um amanhã sem volta,
guardo comigo a rotina e as danças
que giram em torno da memória

Tenho pra mim que depois de você
pra que estar?
pra que amar?
pra que sonhar? 
com gente, com mundos a se fazer   

Volta dança, volta mundo,
volta sentido que nenhum senti
que sentindo nada sem ti
sou morta, morto de amor
incalculado, impreciso,
sem razão, com fígado
e intestino grosso abalado
triturado moído no abate
degolado pelas cordas,
por recordar realidade

Sim, somos jovens!
jovens até a vida
- de perder de vista -
de velho nos pintar,
nos tirar o sonho louco
o improviso do traço
do riso, borrão
de cores-íris, coração
borrado, amado, borrado,
de velho a novo
outra vez e pra sempre...




Apaixonado.  

  Camillo Landoni

11 comentários:

Simone Prado disse...

Que poesia mais linda, Camilo!!!
Essa música que vc escolheu também é um encanto. Eu já conhecia. Ela é uma das músicas que ouço umas duzentas vezes no mesmo dia, rs.

Um abração!

Thaty Louise disse...

Adorei a mistura do(s) eu(s) lírico(s), adorei as imagens e a delicadeza misturada com a rudeza de algumas palavras. Just like real love is!!!!

WOWWWWWWWWWWWWWW YEAH!!! Faço minhas as palavras da Andrea no outro post: "Vc nasceu pra escrever"!

Lohan Lage Pignone disse...

Camilo, a mistura do eu lírico foi realmente muito legal! Sua leveza e sua força poética se contrastam de uma maneira muito surpreendente.

Muito bom, grande músico escritor!
E a música... Nem preciso falar.

Abraços
Lohan.

Andréa Amaral disse...

So in love...D+!

Landoni Cartoon disse...

Grazie, Simone! Acredita que conheci essa música não faz uma semana? Essa é a primeira poesia que posto no autores S/A! Tomei coragem! rs

Bem observado, Thaty, as duas vozes que quase se entrelaçam num abraço de aproximação lírica. É, essa aproximação de figuras que nos remetem a sensações opostas já se fixou como uma das minhas marcas de estilo.

Oi, Lohan, é muito bom - mesmo - saber que sou capaz de surpreender produzindo arte, e poesia!

Andréa, thanks!
*-*

Simone Prado disse...

Essa música é linda mesmo! Já conhecia faz um bom tempo, rs! Tem também bom gosto. Sua primeira poesia? Que vc escreva mais, então!
Um abração! É por aí, Camilo! Que os comentários aqui te incentivem no seu fazer poético, rs

Anônimo disse...

Adorei esse blog. Achei o poema lindo, gostaria de usar no meu casamento.

Marinalva Santos

Thaty Louise disse...

Marinalva, que tudo!!!!!!!!!!!!
quem é vc??? Visite-nos + xs!!! Vc vai casar, que máximo!!!

Camillo nas inspirações românticas...

Lohan Lage Pignone disse...

Camilo... Depois desse comentário da Marinalva, vc terá que escrever poesia pelo resto da sua vida! Escreva, escreva e escreva, e claro, publique para nós! :)

Abraços!

Landoni Cartoon disse...

Simone, é minha primeira poesia, mas postada no Autores, tenho outras. Vou escrever sim!

Isso mesmo, quem é vc, Marinalva!!!

Vc gostaria??? USA!!!

Usa, usa a poesia no seu casamento! Não vou lhe cobrar nada de direitos autorais! rs

Só gostaria de saber como vc vai fazer, e ter notícias do seu casamento depois, só isso ^^

Tá vendo Lohan, que chato ter que fazer o que a gente ama... São vcs leitores que dão sentido mesmo, como é boa essa interação. Que seja só o início, pq só assim faz sentido pra mim escrever.

Toda publicação minha que for possível publicar aqui publicarei, tem a minha palavra.

Grande abraço a todos!

e...

Marinalva... Usa Marinalva...

=D

Thaty Louise disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk, isso dá até um samba:
Usa, Marinalva, usa, Marinalva!!!