quinta-feira, 27 de maio de 2010

Camillo Landoni, minha estreia em Autores S/A







Olá, internautas devidamente Autorizados S/A!!!!! É com muita satisfação que estou chegando pra bater aquele papo gostoso sobre uma das maiores fontes universais de prazer.
-
Nosso encontro será às quintas-feiras, e de todo jeito: acústico, elétrico, alto, baixo, grave ou agudo, não importa, o destaque neste palco virtual (yeah!) será sempre a Música, uma das formas mais sublimes da expressão humana, e que assim como toda boa arte não prescinde da interferência da razão e do pensamento para poder se conectar a todas as nossas emoções.

Lohan, obrigadíssimo pelo convite!
E a você, brilhante Thaty Louise,
meu agradecimento especial pela confiança e carinhosa indicação.
--
Beijos e abraços,
--
Camillo Landoni

6 comentários:

Lohan disse...

Camillo!!
Welcome!!!

Que alegria receber vc em nosso blog, adorei seu primeiro texto! Estreou com chave de ouro!

A propósito, eu tenho esse álbum do Guns! Ops, ele é da minha tia ''originalmente'', mas ela deixou guardado na casa que posteriormente eu fui morar, daí eu acabei ''tomando conta'' desse álbum, e ela também não o procurou mais.

No entanto, nessa era de mídias digitais, fim dos Lps... Bons tempos, apesar d'eu ter vivido um período curto dessa época.

Desses álbuns que vc citou, eu tenho (cds) da Norah, do Legião e do Guns. Norah foi uma ótima lembrança!

Já o Iron, eu não curto muito, apesar de reconhecer a qualidade do rock que eles fazem.

Enfim... Estou satisfeitíssimo, adoro música e seu texo preencheu uma lacuna que faltava nesse blog, e hoje, em mim.

Viva a música!

Abraços, até a próxima quinta-feira!
Lohan

Lohan disse...

Quero aproveitar e ressaltar o belo trabalho, o cuidado que você teve com as imagens, principalmente a colocação das imagens, permeando o texto escrito.

Tanto o seu texto, quanto o da Thaty, deram muita luz a esse blog. Belas imagens!

Camillo Landoni disse...

Fico muito contente, envaidecido, orgulhoso e animado com suas palavras e elogios. Valeu mesmo por sua presença, por ter me desejado boa-sorte, enfim, num espaço precioso como esse o coração é no mínimo a matéria-prima. Valeu, Lohan!!!

E concordo com vc sobre a Thaty, quão iluminada é essa menina...

*-*

Thaty Louise disse...

Well, my dear,

obrigada x infinito por ter aceito o convite...
Fico imensamente feliz de estar em um espaço virtual com pessoas tão queridas e amadas!!!!!!!!!!!!!!!!
Sabe, gosto tanto desse assunto, que ficaria difícil e bobo reproduzir exatamente o quão feliz estou em vc escrever nesse espaço! Música, pra mim, não é só uma vibração que se propaga num meio elástico com uma freqüência entre 20 e 20.000, é literatura sonora, amor em forma de vibração auditiva.
E não estou só feliz por gostar tanto do tema, mas, sobretudo, porque vc consegue significar exatamente o que a origem da palavra exprime:
(sorry o ataque etimológico "mode on"!!!)
Música é uma palavra que tem origem grega, vem de um outro vocábulo lindo, "Mousa", "musa", que diz respeito às musas, e veio pra nossa bela Última Flower do Lácio através de "Mousikós", "músico", termo de origem dórica. Wells, música vem diretamente das musas, da inspiração divina. Até os "durões" casca-grossa (><) dos dóricos sabiam disso!!!
E vc é assim, my friend, desde os tempos da graduação.
Lembro que um dia andávamos do Gragoatá para o teatro da UFF e passamos por um barzinho pé não tão limpo no Ingá e estava tocando uma música sei lá o que e eu, sem noção pra PN, falei que a música me lembrava Kayleigh, do Marillion... Pra que... God! Em menos de cinco minutos vc deu UMA AULA de Marillion, nossa, mas o fez com uma simplicidade, uma total falta de soberba da qual não me esqueço. Vc não parecia um desses adolescentes chatos que gostam disso ou daquilo e falam como se estivessem em um púlpito, ao contrário, é sempre muito inspirador falar com vc.

Bjocas muitas no meu migo de berçário "ad asylum"!!!!!!!!!!!!!

Camila Furtado disse...

Camillo (meu xará), seja muito bem vindo a este espaço, estou muito feliz que venha falar sobre música, que é a minha maior paixão e também a minha inspiração para muito do que escrevo. Sou o tipo de pessoa que ouve música o tempo todo e me emociono com uma mesma música um milhão de vezes. Tenho certeza de que sua presença vai acrescentar muito a este blog!!!
Beijos!!!

Andréa Amaral disse...

Quem não tem uma memória sequer, relacionada a alguma música? Seja ela de qualquer gênero, estilo, com ou sem letra; atual ou medieval; romântica ou pauleira? Eu tenho zilhões...
Aliás, tenho uns discos de vinil e umas fitas cassetes das quais não me desfaço nem por reza braba!
Mas a primeira grande recordação que tenho de música, foi ouvindo e dançando com minha mãe ao som de "Secos e molhados", e na rádio, quando "Ben" era magistralmente entoado pela voz angelical de Michael Jackson, na verdade um Jackson five. Até hoje choro com esta canção.