terça-feira, 3 de novembro de 2009

Semana passada


Passou uma semana
Uma semana passada
A limpo, às claras,
Uma semana passou
Passada uma semana
Pude entender tudo que emana
Do pedaço do céu
Que cobre minha cidade, meu mato,
Minha cabana.
Passei junto com a semana
Momentos pacíficos,
Pensamentos ao léu, levados no rio,
Que corre à margem do meu riso aberto
E sadio.
Saúdo a saudade,
Que me faz adormecer, em remanso,
Saúdo as saúvas,
Que trabalham em torno do meu descanso.
Digo que a saudade me embala,
Em sono profundo,
Pois se antes esta ausência invisível me afligia
Hoje me causa uma solene letargia.
Lembranças que antes, quase sonoras,
Hoje, soníferas.
Mergulhei em minha natureza,
De olhos bem abertos.
Enxerguei, lá no fundo, as ruínas de uma realeza,
Tudo corroído pela externa beleza,
A coroa, o trono, o cetro...
O ouro que reluzia, onde está?
Entregue nas mãos de quem merecia
Uma bijuteria.
O amor próprio é o nosso maior presente
E, como diz o ditado, presente não se dá,
Tampouco se vende,
Quantas mudanças ocorreram em minha mente,
Meus olhos olham para todos os lados,
Meu nariz exala o odor diferente,
Minha língua não mente.
Passou uma semana,
Uma semana passou,
E passou a minha dor
Junto com a semana
Que passou...

4 comentários:

Lohan disse...

Quero me desculpar por não ter postado ontem, segunda-feira; e também pela ausencia da continuação da história. Meu computador "foi parar no hospital nesse fds", rs, e me deixou na mão. Deixo esta poesia, hj, como compensação.
Obrigado!

Andréa Amaral disse...

Lohan, vc é um gentleman. Além de escrever divinamente é educado o suficiente para não deixar seus leitores na mão, sem explicação. Parabéns.

Mauri A. Oliveira disse...

Belas palavras e melodia perfeita!! Gostei muito! Obs.: quase pode ser lido de baixo para cima também :P

Lohan disse...

Obrigado!
Mauri, vc fez uma ótima observação! Sabia que nem eu tive essa percepção?? Tivesse atinado enquanto escrevia, teria trabalhado mais nesse ponto. Mas deixa pra next!
Abraços!!