sábado, 24 de outubro de 2009


Ser humano pior dos mortais
Mais podre que o Tietê.
Aonde te levara essa tua alma enlameada de fezes
E toda sua ganância e egoísmo?
Já falta-me tolerância em te aturar
Pra mim basta,
Já chega!!
Que te roam todas as ratazanas venenosas
Ao ponto de lhe arrancarem o couro
Para solar meu chinelo!
Quero estar de pé
Para assistir ao teu cozido
No caldeirão borbulhante,
Daquele de quem és filho.
Quero ver-te morrer do próprio
Horror que plantastes.

5 comentários:

Andréa Amaral disse...

Nossa, Karina...este aí que está falando é o seu eu-lírico ou o seu eu-eu??? Augusto dos Anjos deve estar te aplaudindo de pé. Ratazanas venenosas...ADOREI!

Camilíssima Furtado disse...

também pensei em Augusto dos Anjos na hora, juro! Ui, menina, que revolta é essa? Cadê a Karininha calminha e doce? Deixa ela guardadinha por enquanto, que eu tô adorando essa versão punk.
Caldeirão borbulhante? [medo]Lembrei de "Bichos escrotos" do Titãs também. Show!

K@rininh@ disse...

obrigada queridas!
A opinião de vcs é mto importante p mim e que bom q vcs estão aprovando essa fase "punk", como disse Camila.
Bjs

Lohan disse...

Eis a nova Karina: Punk, a levada da breca kk
Muito bom... Engraçado, fico observando os nossos passos neste blog, e por quantos caminhos percorremos... Cada semana uma surpresa, seja a mudança de estilo de um autor, seja um texto inesquecível, uma frase de efeito, ou um novo selo conquistado... Estamos crescendo muito aqui. Paremos e nos demos conta disso...
Bjs, Karina!

João Luiz disse...

Muito legal Karina!

Também estou gostando das mudanças,dos riscos e da ousadia.

Vejo que estamos realmente evoluindo,concordo plenamente com o Lohan.

Parabéns!!!